sábado, 28 de fevereiro de 2009

Assistimos: ROGUE O ASSASSINO


Mais um filme do loroteiro JET LI (aquele que disse que o MESTRE DAS ARMAS seria seu último trabalho no cinema). Dessa vez ele encarna um terrível serial killer que dá uma de assasino de aluguel e agente duplo e está bem no meio de uma guerra entre dois segmentos da máfia oriental: a Tríade e a Yakuza. Em seu encalço existe um obcecado agente do FBI que busca vingar a morte do ex-parceiro de trabalho (vivido pelo lutador de artes marciais e dublê de ator Jason Statham). A tão esperada seqüência de luta de tirar o fôlego envolvendo os dois lutadores, contudo, é frustrante. Duas “rapidinhas” bem insossas e sem graça. O final porém, é bem surpreendente e compensa algumas basbaquices e frustrações anteriores.

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO "CRÍTICAS, CRÍTICAS, CRÍTICAS" EM 28.02.08 (BP)

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Mais uma de RARIOSVALDO III

O papel da escola é educar
Educar é dever também dos pais
Os exemplos de casa ensinam mais
Do que pode a escola ensinar
A família que não colaborar
Fique certo que pode dar errado
Se seu filho no fim for reprovado
Não se queixe se isso acontecer
Se envergonhe do que vou lhe dizer
Acredite! Você foi o culpado.

Pais e filhos, tamanha relação
Importante na vida e no crescer
O amor é quem faz desenvolver
O talento da boa educação
A família como instituição
Quem primeiro ensina e dar amor
Com licença, obrigado e por favor
Essas regras são bem fundamentais
E é em casa que se aprende mais
Com o pai o primeiro educador.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Assistimos: SHREK TERCEIRO



Decepcionante.É nisso que dá a ganância cinematográfica:o uso e abuso excessivo de uma marca ou produto, visando meramente o lucro comercial.Como resultado disso temos um filme bem a baixo da média (em relação aos anteriores)e um arranhão bem grande na imagem do grande ogro.SHREK surpreendeu à todos em seu lançamento, trouxe uma agradável e divertida brisa de criatividade no universo das animações.Não por acaso abocanhou o primeiro Oscar de animações daquele ano. Já estava ótimo.Mas veio o SEGUNDO e mesmo contra todas as probabilidades e apostas, conseguiu em muitos aspectos superar o longa original.Pronto, enfim a perfeição.Hora de parar por aqui, certo?Errado.Os produtores insistiram na continuação da franquia e com uma sucessão de erros dignas do BURRO do desenho, deixaram escapar o diretor dos filmes anteriores,não investiram num bom roteiro e até a trilha sonora (o diferencial desta "série")ficou bem aquém do esperado.Sem contar que o KARAOKÊ, que sempre nos divertiu nos EXTRAS ou no final da película, desta vez não está lá...O menino ARTHUR, também não convenceu.Mal explorado e desenvolvido (as cenas excluídas mostram isso), não passou de um garoto rabugento que pouco contribui na trama (ao contrário do que fez o GATO DE BOTAS em sua estréia).Princesas de mais, humor de menos.A animação competente e os belíssimos cenários, ainda fazem de SHREK TERCEIRO, uma boa opção para as tardes de domingo, porém sem o mesmo brilho dos filmes anteriores.Uma pena...na versão em português, o dublador que fez a voz do Ogro deu conta do recado, bem melhor do que a voz provisória divulgada nos trailers do cinema. Mas a ausência do saudoso BUSSUNDA sempre será sentida pelos fãs de SHREK e CIA.

Publicado originalmente no Críticas, críticas críticas em 15.01.08
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...