sábado, 18 de fevereiro de 2017

Leitura de HQs e livros tem o poder de salvar vidas

Professor e jornalista macaibense especialista em charges e HQs analisa expectativas destes segmentos para o ano de 2017
Por: Rômulo Estânrley
Foto: Arquivo pessoal
Este ano de 2017 se desenha como um período propício para planejarmos melhor nossas ações! Como morador da cidade de Macaíba, um fato vem me preocupando há algum tempo, pois vem se repetindo todos os anos: o extermínio de jovens, geralmente envolvidos com o mundo das drogas.

Como educador e cidadão, espero contribuir a diminuir o número de homicídios entre os nossos jovens por intermédio do estímulo à leitura! Para isso, tive a iniciativa de inaugurar um espaço de leitura chamado HQZ, com características de sebo cultural! A ideia é atrair a garotada para o mundo da leitura e, assim, despertar a sensibilidade, imaginação e força criativa latentes, usando a cultura pop como ponte!


Mais do que ensinar os meninos e meninas de hoje a ler, acredito que podemos ensiná-los a gostar de ler. Algumas destas crianças e adolescentes parecem não ter hipóteses: vêm de contextos educacionalmente baixos e de famílias estruturalmente pobres. Um livro, para elas, pode muito bem ser uma tábua de salvação.
Acredito que a educação aliada ao hábito de ler quadrinhos, mangás, livros, etc. é a melhor arma numa revolução pacífica que pode mudar as pessoas e o mundo. A leitura, juntamente com a assimilação do conhecimento, pode ajudar as pessoas a transformarem suas situações e suas histórias, a conquistarem autonomia e a se conhecerem melhor, bem como adquirir referenciais que enriqueçam seu repertório.
Via PN
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...