quinta-feira, 20 de abril de 2017

É O QUE?? Emma Frost volta a ser vilã??!!

Resultado de imagem para Emma Frost villain marvel comics
Depois de anos como X-MenEmma Frost vai voltar as origens. A Marvel dilvulgou detalhes de X-Men: Blue, na edição 8 a Rainha Branca vai voltar “mais malvada do que nunca”, edição que faz parte da saga Secret Empire.
X-Men: Blue tem roteiro de Cullen Bunn e desenhos de Jorge Molina.
Resultado de imagem para Emma Frost villain marvel comics
Via YAUHAU

É O QUE?? Um novo Thor empunhará o Mjolnir do Universo Ultimate??!!

Resultado de imagem para Thor | Um novo Thor empunhará o Mjolnir do Universo Ultimate
No final de The Unworthy Thor vemos que um novo Thor empunhará o Mjolnir do Universo Ultimate. E ele se juntará a Jane Foster e Thor Odison no arco “The Asgard/Shi’ar War
O Roterista Jason Aaron falou ao CBR, sobre esse novo Thor.

É O QUE??? CAPITÃO AMÉRICA SEMPRE FOI MALIGNO??!!!

CAPITÃO AMERICA: NOVA ORIGEM REVELA QUE O PERSONAGEM SEMPRE FOI MALIGNO


A nova historia modifica a ideia de que o passado do personagem foi recriado pelo cubo cósmico, o que foi considerado ofensivo por parentes de Jack Kirby.

Desde que o Capitão América se revelou como um membro da Hidra, os fãs se revoltaram criticando a Marvel. A editora explicou que o Caveira Vermelha colocou as mãos no Cubo Cósmico em uma forma humana, fazendo com que Steve Rogers se alistar para a Hidra no início dos anos 20.
Steve cresceu como um soldado devotado e manipulador, que, inclusive, matou o Caveira Vermelha há algumas semanas. Acontece que em Império Secreto #0, nós descobrimos o que realmente aconteceu.
Resultado de imagem para captain america secret empireA história começa em 1945, com Steve Rogers sozinho em templo ocupado por membros da Hidra, tendo se infiltrado nas forças armadas americanas, lutando nas linhas de frente como um herói. Neste ponto, descobrimos que quem ganhou a Segunda Guerra Mundial foi o Eixo e não os Aliados. É, a Alemanha Nazista e a Hidra foram vitoriosas.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Esquadrão Amazônia

Esquadrão Amazônia é uma publicação independente, feita pelo roteirista Alan Yango e pelo desenhista Joe Bennet, um projeto ousado para lançar uma hq de heróis, feita e ambientada aqui em Belém, conta a história de uma nave alienígena que chega à Terra e acaba pairando sobre a “Cidade das Mangueiras”.

Do Início

terça-feira, 18 de abril de 2017

Inclusão e Acessibilidade são tema de HQ lançada pela FG


Projeto faz parte do Núcleo de Acessibilidade da Faculdade dos Guararapes

Por Daniela Sousa -  A MEDIUM CORPORATION
Inclusão e acessibilidade têm sido temas bastante recorrentes nas discussões atuais sobre como tornar o contexto social integrador de todas as camadas populacionais, na tentativa de firmar a ideia de que, apesar das diferenças, somos cidadãos iguais.
Pensando que a discussão sobre tal tema deve ser rotina, principalmente em uma instituição de Ensino Superior, o Núcleo de Acessibilidade da Faculdade dos Guararapes (NAG/Nape), juntamente com professores e alunos, desenvolveu o projeto Incluindo FG, uma revista em história em quadrinhos que ilustra as inúmeras realidades vividas por pessoas com limitações físicas. O projeto aborda situações como a construção de estereótipos para deficientes e também o apoio encontrado em amigos e representantes da instituição.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Pesquisador de Histórias em Quadrinhos e Professor, Thiago Modenesi fala sobre a importância da CCXPTour NE



Na manhã da sexta-feira (14/04) conseguimos entrevistar o Professor e Pesquisador de HQ’s Thiago Modenesi que falou sobre a importância de um evento como a CCXPTour em Recife, o professor que também já publicou três volumes do livro Quadrinhos & Educação e  ainda o Educação para a Abolição, falou com exclusividade para o Design Culture.

Além das publicações já citadas o Pesquisador tem ainda coordenado o GIP-HQ (Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Histórias em Quadrinhos, Charges e Cartuns da Faculdade dos Guararapes) e participa da organização de outras publicações como a HQ Incluindo FG Quadrinhos e Educação em cinco pontos de vista.
Elvis Aleluia e Thiago Modenesi - HQ Incluindo FGElvis Aleluia e Thiago Modenesi – HQ Incluindo FG

Nordeste um celeiro de artistas da cultura pop – Os astros da Artists Alley


Por  - Design Culture
Durante quatro dias inteiros o Centro de Convenções do Recife se tornou o lugar com mais quadrinhistas por metro quadrado do Nordeste, os astros da Artists Alley, carinhoso nome dado a vila dos artistas pela CCXPTour, as exposições das obras são de artistas regionais, nacionais e internacionais, mas quando se fala de quadrinhos nordestinos a Artists Alley se tornou celeiro de artistas da cultura pop.


Nomes como Carlos Alberto e Marcos Garcia puderam exibir suas obras para milhares de pessoas durante quatro dias, o HQ Lampião na Terra dos Santos Valentes é
“Mais que uma versão de um fato histórico, Lampião na terra dos santos valentes, adiciona espinhos sangrentos e flores fúnebres ao célebre evento do ataque ao município de Mossoró. Uma aventura, um faroeste, uma obra de arte visceral.” Como disse a Professora e Escritora,  Léa Barbados. 

terça-feira, 4 de abril de 2017

10 Livros Para Aprender a Escrever Roteiros de Quadrinhos

Preparamos uma lista enfocando algumas partes da manufatura de criação de uma história em quadrinhos. Claro, é apenas uma base para se entender os fundamentos da criação de roteiros, mas só isso não basta, é preciso frequentar oficinas, praticar, mostrar seu roteiro para a mamãe, a vizinha, o papagaio e o mendigo da esquina.

desenhando_quadrinhos_big
UMA VISÂO GERAL – Desenhando Quadrinhos, de Scott McCloud
Apesar dessa tradução tosca do título Making Comics (Fazendo Quadrinhos), a edição dá uma visão geral e também um pouco teórica da arte de fazer quadrinhos. Uma das partes mais interessantes que esse livro trata e que McCloud não tratou em seus livros anteriores é a construção de mundo e de personagens e como isso é diferente nos quadrinhos do que na prosa ou em outras mídias. Ah, e já falei que esse livro é todo feito no formato de quadrinhos? Não? Pois é!

8 LIVROS FUNDAMENTAIS PARA QUEM QUER ESCREVER QUADRINHOS


Minha ausência é justificável. Além do Garatujas Aleatórias, estou me dedicando a um projeto autoral e inédito para mim: escrever um roteiro para quadrinhos. Uma coisa é usar a língua para transmitir a mensagem; outra é unir texto e imagens para esse mesmo fim. Por isso reuni algumas indicações de livros para beber da melhor fonte. Não li todos ainda, mas qualquer um que queira se meter a roteirista de HQs precisa ler pelo menos dois ou três livros dessa lista abaixo.

Desvendando os quadrinhos, Scott McCloud
[Livraria Cultura | Amazon | Saraiva | Livraria da Folha]

Scott McCloud é um dos principais defensores, atualmente, da ideia de que os quadrinhos são uma forma literária. Claro que isso não é novidade, Watchmen, publicado na década de 80, é um exemplo clássico da sofisticação literária da banda desenhada. Em 1993, McCloud destruiu de vez qualquer estigma de 'entretenimento barato' que os quadrinhos ainda poderiam carregar. Desvendando os quadrinhos é o primeiro título de uma trilogia que pode ser considerada um bastião dessa arte. O livro analisa a forma artística e a funcionalidade do formato, define elementos básicos e revela a maneira como a mente processa a linguagem. Além disso, aspectos menos gerais, como a influência do tempo nas histórias, as interações entre quadros e palavras e narrativas também fazem parte do escopo do livro. Como bônus, McCloud faz uma análise do processo criativo.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

“Haole”, quadrinho com sotaque e representatividade (Pagu Comics)

DELIRIUM NERD· 26 de agosto de 2016
Logo na introdução desse segundo título do selo Pagu Comics, Ana Recalde se diz surpresa de descobrir a quantidade imensa de mulheres talentosas que encontrou em sua busca por autoras para o selo. Esse comentário é um tanto quanto peculiar, se você parar pra pensar que “Haole” é o resultado do trabalho de um time e tanto de mulheres.
Resultado de imagem para haole milena azevedo
Diferente de “As Empoderadas”, que tem roteiro e arte de Germana Viana, “Haole” tem o roteiro de Milena Azevedo, arte de Sueli Mendes e Chairim Arraes, cores de Weyne Ribeiro e arte final de Blenda Furtado. Sem contar com a capa de Brendda Lima. Que time, meus amigos e amigas, que time!
Resultado de imagem para haole milena azevedo
“Haole”, que se lê ráuli, é a palavra que define o surfista que não é nativo da praia onde está surfando. Ao longo do quadrinho ainda existem outras expressão do surfe e também do Nordeste, já que a história se passa em Natal, no Rio Grande do Norte. Nada que o glossário da introdução não traduza. Sem pânico! No final, você ainda vai sair falando gíria arretada.

Sinopse

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...