quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

É O QUE??!! Ativistas protestaram e Mulher Maravilha deixará de ser embaixadora da ONU??!!

Personagem foi destituída de seu cargo simbólico na luta pelos direitos femininos e igualdade de gênero

Lançamento da campanha, em outubro, contou com as presenças de Lynda Carter, que interpretou a personagem na TV americana durante a década de 70, e Gal Gadot, que deu vida à heroína nas telonas neste ano (foto: Dimitrios Kambouris/Gerry Images North America/AFP)
Dois meses após ser anunciada pela ONU como embaixadora símbolo da campanha anual pelos direitos das meninas e mulheres no mundo, a Mulher Maravilha vai perder o cargo.
A escolha foi feita inspirada nos poderes da personagem e na imagem de mulher forte, independente e guerreira. No entanto, várias ativistas da causa feminista consideraram a escolha equivocada, porque, na visão delas, a heroína seria hiper sexualizada nos quadrinhos, TV e cinema.
Imagem relacionada
"Embora os criadores possam ter pretendido criar uma mulher guerreira e independente, a realidade é que a personagem é uma mulher branca, de proporções impossíveis num maiô", dizia a petição online assinada por 45 mil pessoas.
Resultado de imagem para Mulher Maravilha  embaixadora da ONU
As informações são do jornal inglês The Guardian, que ouviu uma porta-voz da organização. A ONU ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

História
Criada em 1941 pela DC Comics, a Mulher Maravilha é o alter-ego da princesa amazona Diana. Nascida na ilha fictícia e Themyscira, onde só habitam mulheres, ela é enviada ao nosso mundo para proteger a paz e a humanidade.

Dotada de superpoderes e de um laço ‘mágico’, nos quadrinhos e nas séries de TV e desenhos animados, ela também faz parte da liga da Justiça, ao lado do Batman e do Superman.

Neste ano ela estreou nas telonas no filme Batman vs Superman: A origem da justiça. Interpretada por Gal Gadot, ela terá seu próprio filme, que estreia em 2017, confira o trailer:


Via UAI
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...