sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Faith e a quebra dos estereótipos nos quadrinhos

Mais e mais têm se discutido a importância da diversidade nas diferentes mídias, desde uma propaganda à uma atriz de cinema e por que não em uma heroína de HQ? Pois essa variedade já está acontecendo e não é de hoje e está adquirindo mais personalidade. Recentemente foi anunciada a revista da super-heroína trans, Chalice (leia a matéria aqui) e agora teremos outra super-heroína fora dos padrões, Faith, que ganhou sua série especial de histórias próprias!


Embora o universo dos quadrinhos tenha ganhado mais força, inclusive expandindo o número de leitores do sexo feminino, as mulheres ainda são retratadas como parceiras, assistentes ou namoradas dos heróis, por ainda ser um mundo predominantemente masculino.
Inclusive quando falamos de personagens femininos, grande parte delas, é retratada de forma extremamente sexualizada, com corpos irreais, roupas extremamente curtas ou coladas de forma inclusive desnecessária e isso em alguns casos continua quando adaptadas ao cinema. Mas Faith vem para mostrar que uma mulher pode ser super sem ter um corpo padrão esbelto ou que usar collants justos, roupas minúsculas ou coisas do gênero.
Segundo um estudo da USP, a mídia pode influenciar na satisfação de cada um com o próprio corpo. Portanto, a vinda de Faith é um respiro de alívio em um meio ainda muito excludente para quem não segue rígidos padrões estéticos.
E isso não é grande novidade, temos diversos exemplos para apontar, é só ver sua timeline das redes sociais, por exemplo, é recheado de casos assim, temos crianças que ficaram contentes por Jhon Boyega (Star Wars VII: O Despertar da Força, 2015) ter seu boneco, casos de crianças albinas que começaram a aceitar suas características depois da princesa Elsa e muitas outras histórias que mostram que personagens podem trazer mais aceitação de cada indivíduo que acompanha seja o que for, o filme, a revista, a HQ, o comercial…
Faith Herbert, mulher, geek, gorda, segura de si, independente, que acabou de deixar seu namorado e a equipe de Unity, foi introduzida em 1992 e teve suas aventuras publicadas por três anos até que a Valliant faliu. Em 2012, retornou como parte de um grupo de heróis da empresa, os “Harbinger”, e ganhou uma série especial de cinco quadrinhos neste ano, os quais fizeram um enorme sucesso com o público, o que possibilitou a criação de sua própria HQ, que começou a ser vendida a em julho nos EUA.
“Muitas pessoas vieram até mim nas convenções e me disseram o que a HQ significa para elas”, contou a roteirista Jody Houser ao New York Times. Ela acredita que o motivo para o sucesso foi a identificação das mulheres com a personagem, que é “uma geek como elas e que não é tratada como uma piada.”
Warren Simons, editor-chefe da Valiant, afirmou que o feedback do público foi muito positivo, tanto nas bancas quanto nas redes sociais, e que a jornada de Faith se estenderá por todo o ano de 2016 e além.
faith-3“Ela pode ter sido inspirada por ideias antigas, mas ela está muito distante disso”, disse Jody Houser ao Comic Book Resources. “Ela é uma mulher gorda que ama ficção científica, fantasia, gosta de sexo e está 100% confortável com isso. Ela tem uma ideia muito clara de como um herói deve ser, e se afasta das pessoas cujas ações vão contra isso. Você pode dizer que Faith sabe muito bem quem é; a história de verdade é ver o quanto ela consegue realizar e crescer.”
A sinopse oficial de Faith descreve o novo gibi da seguinte forma:
“Em uma cidade sob o cerco de robôs, alienígenas, monstros e, coisas ainda piores, como celebridades, só existe uma mulher em quem a população de Los Angeles pode contar: a estratosférica super heroína chamada Faith! Aspirante a repórter durante o dia e dedicada combatente do crime a noite, Faith encarou todos os obstáculos em seu caminho com confiança – como aqueles prazos esmagadores no trabalho, um relacionamento à distância de meio mundo e edições passadas perdidas que assolam sua coleção de quadrinhos! Mas, sem seu conhecimento, Faith está prestes a colidir com uma força que não esperava: um novo super vilão determinado a destruí-la de uma vez por todas! Mas quem está por trás da máscara deste novo adversário… e será ele a única pessoa capaz deixar Faith impotente?”
E Faith não vai ganhar apenas as páginas dos quadrinhos. A Sony Pictures levará os personagens da Valiant, entre eles Faith, às telonas, segundo o New York Times.
Via IHQ
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...