quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Jornal União: uma Academia de quadrinhos

Um dos principais recursos da internet é possibilitar que cada usuário seja emissor de suas ideias, quebrando a verticalidade das formas de comunicação “de massa”. Com os blogs, sites pessoais e redes sociais as mensagens emitidas ganham amplitude por vezes incalculável, possibilitada por seus redirecionamentos.
Os quadrinhos surgiram no meio impresso, como umas das expressões do jornalismo, tendo o humor como mote para refletir a vida cotidiana, a política e os costumes de época. Desse modo, as tiras, que continuam circulando nos jornais, apresentam até hoje uma indissociável relação com a charge, o cartum e a caricatura.
O impasse enfrentado pelo jornalismo frente à revolução da internet também trouxe consequências para a produção de quadrinhos. Com a redução das tiragens e, em alguns casos, do formato dos jornais, causada pela diminuição do público, as primeiras sacrificadas são as tiras, por serem equivocadamente consideradas supérfluas ou mero entretenimento.
À falta de espaço para publicação, os novos quadrinistas já nem contam com o jornal como veículo para sua arte. Os quadrinhos atualmente são veiculados pelos próprios autores em seus blogs, formando um público à parte aos leitores dos jornais. São autores e leitores que caminham para uma transição radical, que prescindirá do suporte impresso em privilégio ao meio virtual.
É louvável, portanto, a abertura do jornal A União aos quadrinhos, com a inserção de duas tiras diárias de autores paraibanos a partir de 26 de maio de 2013. Além dos veteranos Tônio, Cristovam Tadeu e Henrique Magalhães, estreiam na imprensa Thaïs Gualberto, Samuel de Gois, Igor Tadeu, Val Fonseca e Lauro Perazzo, num revezamento que dá chance aos quadrinistas de mostrar seu trabalho ao público tradicional dos jornais e experimentar o compromisso da publicação periódica.
A União teve papel importante na criação e consolidação dos quadrinhos paraibanos; com essa iniciativa, reforça seu papel incentivador da arte e se configura numa verdadeira academia para os quadrinhos paraibanos.


Publicado no jornal A União, João Pessoa, 18 de junho de 2013, 2.o Caderno, p.7.
Thaïs Gualberto

Samuel de Gois
Igor Tadeu

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...