quarta-feira, 30 de março de 2016

É O QUE??? O FUTURO DE TEX E DAS DEMAIS PERSONAGENS BONELLI NO BRASIL, ESTÁ NAS MÃOS DOS FÃS???

COMUNICADO DA MYTHOS EDITORA:
FUTURO DE TEX E DAS DEMAIS
PERSONAGENS BONELLI NO BRASIL

Prezados amigos leitores,
Acho que está na hora de esclarecer – com mais detalhes do que temos feito até agora – as dificuldades que estamos enfrentando para publicar quadrinhos no Brasil, Tex inclusive. Todos sabem e sentem na pele, e no bolso, o difícil momento político e económico que nosso País está passando, com uma crise de confiança no presente e no futuro. A disparada do dólar e do euro afeta direta e fortemente nossa atividade. Boa parte do papel usado nas revistas é importado e pago em dólar, assim como tinta e outros insumos. Até mesmo o papel nacional tem seu preço atrelado ao dólar. Assim sendo, a grande alta no preço dessas duas moedas, ocorrida no ano passado, fez disparar o custo gráfico das revistas. E também osroyalties pagos à Bonelli, como são em euros, tiveram um crescimento grande.

Com o aumento no custo das revistas, e sem repassar para o preço delas, como deveria ser feito, nossa margem de lucro encolheu demais e algumas revistas – que já estavam bem perto do empate – começaram a dar prejuízo. Isso aconteceu com Zagor, Júlia e Tex Coleção.Outras, como Tex mensal, Tex Ouro, Tex Histórico perderam rentabilidade, mas não entraram no vermelho ainda.
Quando começamos a fazer Tex em Cores e Tex Gigante Colorido, imprimíamos na China por ser mais barato, mas na hora de honrar as faturas, com o aumento do câmbio, passamos a pagar cerca de 30% a mais. Claro que isso destrói qualquer planilha de custo, por isso, paramos de imprimir fora. Hoje, Tex em Cores vende um terço do que vendia quando a lançamos e Tex Gigante Colorido vende a metade do que vendia no início. Aumento de custo e queda nas vendas é fatal para qualquer publicação ou produto, seja uma revista, um calçado, um carro, uma televisão. Nossos estudos para imprimir em papel de qualidade inferior também mostraram que nem assim elas ficariam viáveis.
Quando pensamos em lançar a reedição da série Tex Anual (com o nome de Tex Platinum), claro que queríamos fazer em formato italiano, e até colorido! Só que os orçamentos gráficos e as recentes vendas de revistas mais caras mostraram que seria uma insanidade – venderia pouco e teríamos prejuízo, como está acontecendo com Tex em Cores, Tex Gigante Colorido, Zagor, Júlia Tex Coleção. Pensamos até em desistir de lançar o Tex Platinum, mas resolvemos fazer ao menos a primeira edição – em formatinho e p/b mesmo – e ver o que acontece.
Muitos leitores têm saudade do tempo da Vecchi, Rio Gráfica, Record e Globo, sem se dar conta de que aquela foi uma outra época, uma outra vida, quando as revistas em quadrinhos eram praticamente a única distração dos jovens de então e vendiam vinte ou trinta vezes mais do que hoje.
Enfim, amigos, a decisão sobre o futuro de nossas revistas está em suas mãos. Podemos fazer só revistas de luxo, em tiragens pequenas, para aqueles poucos que têm condições de adquiri-las. Podemos ficar só com Tex mensal e mais dois ou três títulos Tex que não dão prejuízo. Podemos partir para as publicações on demand. A palavra final será de vocês. Em última instância, são vocês que irão decidir se querem continuar ou não lendo as maravilhosas aventuras desses heróis de papel. 
DVL (Dorival Vitor Lopes)
Mythos Editora
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...