quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Editora Universo chega com tudo no cenário Editorial Brasileiro


Anteriormente já comentei a respeito do selo Universo, capitaneado por Gil Mendes à frente de valiosos artistas dos Quadrinhos, revelações e veteranos, ao falar sobre o primeiro número do gibi do Crânio, de Francinildo Sena (relembrem aquihttp://www.jupiter2hq.blogspot.com.br/2015/01/cranio-o-conhecido-super-heroi-brazuca.html). E agora eis que, para minha gratíssima surpresa me vejo diante de outras seis edições com o selo Universo, e com muita alegria e satisfação comento brevemente a respeito de cada uma delas. Todas as edições no formato 20 cm x 14 cm, capas coloridas e miolos com 28 páginas (exceto por O Vigia n.1, com 24 páginas de miolo) em preto & branco e/ou tons de cinza.
Bengalas Boys (capa de Lancelott Bartolomeu Martins) – uma homenagem/brincadeira promovida pelo experiente Tony Fernandes (autor do Fantastic Man, do Guerreiro Ninja, entre outros) e parceiros de seu grupo virtual, os Bengala Boys, aqui transformados em personagens de História-em-Quadrinho assinada pelo autor da capa, o grande historiador dos Quadrinhos, Lancelott. Como quase sempre acontece nesses casos, as HQs aqui reunidas talvez divirtam mais aqueles que estão nela envolvidos do que aos leitores mais... digamos... normais (?). Mas estes não tem nada a perder, pois é sempre um prazer poder apreciar o trabalho do desenhista Aírton Marcelino. A edição não tem numeração, o que seria então uma edição especial. Mas algo me diz que a coisa não acaba por aqui. 

Texto: José Salles. 
Veja o texto completo no blog http://www.jupiter2hq.blogspot.com.br/

Via EMT
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...