terça-feira, 13 de outubro de 2015

Governo do RN injeta R$ 500 mil em cheque-livro na Feira de Livros e Quadrinhos de Natal


O acervo de bibliotecas escolares da rede estadual de ensino em Natal, Parnamirim, Nova Cruz, São Paulo do Potengi, Ceará Mirim e João Câmara irão ganhar reforço durante a Feira do Livros e Quadrinhos de Natal. A Secretaria Estadual de Educação (SEEC) anunciou que o Governo do RN irá investir R$ 500 mil em cheque-livro na quinta edição da FLiQ, que movimenta a Cidade da Criança entre os dias 15 e 18 de outubro. O crédito, com valor médio de R$ 2,89 por aluno, já está disponível no caixa escolar das 296 escolas contempladas e poderá ser usado nos estandes de livrarias e editoras que participam do evento. 
Aldair DantasPublicações serão adquiridas pelos professores da Rede estadual, através do cheque-livroPublicações serão adquiridas pelos professores da Rede estadual, através do cheque-livro

Marcarão presença na FLiQ 2015 as livrarias Nobel, L Cultural, Rumo Cultural e D&F Livros, mais as editoras Martin Claret, Paulus, Paulinas, Cultural Editorial, IMEPH, Global e Jovens Escribas. A lista só não maior por que os recursos para o incentivo, cujo processo tramitava há cerca de dois meses na SEEC, só foram disponibilizados no caixa escolar nesta terça-feira (6).

“A compra dos livros é definida pela equipe pedagógica de cada escola. Podem ser adquiridas obras literárias e de apoio didático, desde que seja respeitada a cota de 30% das compras para títulos potiguares”, explicou Délia Barbosa, técnica da Coordenadoria de Desenvolvimento Escolar (Codese/SEEC). Délia informou que outros R$ 500 mil em cheque-livro serão injetados na Feira do Livro de Mossoró, que acontece de 4 a 8 de novembro na Expo Center da UFERSA, totalizando R$ 1 milhão em investimento do Estado. A Prefeitura de Mossoró ainda irá entrar com mais R$ 300 mil em cheque-livro.

O jornalista Rilder Medeiros, um dos coordenadores da FLiQ, ressalta que precisou ampliar a estrutura em cima da hora para receber estandes das livrarias e escritoras. “Fizemos contatos com as principais editoras e livrarias de Natal. Como o cheque-livro ainda era só uma possibilidade perguntamos se queriam reservar estande, mas muitas declinaram do convite”, disse Rilder, justificando a ausência de algumas livrarias/editoras. “Não fizemos uma divulgação ampla do incentivo para não assumir a responsabilidade, nem iríamos ter estandes”, recorda.

Entre as atrações da FLiQ 2015 vale destacar a presença do músico e poeta carioca Leoni, o gerente de conteúdo da editora JBC Cassius Medauar (responsável pelos principais lançamentos de mangás no Brasil) e a criação de um espaço para games educativos produzidos no Instituto Metrópole Digital da UFRN.

Via TRIBUNA DO NORTE
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...