quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Thrash - o menor fenômeno do metal

Exibindo thrash_capa.jpg
Nos anos 90, três garotos tocavam thrash metal nas histórias em quadrinhos da Folhinha, suplemento infantil da Folha de S.Paulo. Vinte anos depois, o autor publica o livro que compila toda a carreira de Thrash, aliás, Felipe, 8 anos, líder da banda e protagonista da tira. Mig, mais conhecido como colaborador de Ziraldo nos quadrinhos do Menino Maluquinho, lança, de 10 a 15 de novembro, no Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte, Thrash: as tiras do menor fenômeno do metal.
Exibindo thrash_doente.jpg



As tiras giram em torno da vida cotidiana das crianças e do mundo do rock. Felipe, que chama a si mesmo de Thrash, junta-se com seu amigo Sidney, captura o virtuoso Ingo e se lança na busca do sucesso a qualquer custo. Isso, quando não tem escola, quando a mãe deixa e quando o priminho Tiago não vem visitar. Thrash acha-se um incompreendido (também, só quer cantar em inglês!). Só quem tem paciência de ouvi-lo é sua amiga Lita.
"THRASH é uma criatura dos anos 1990. Ah, os anos 90! Uma época selvagem. Nunca antes os criadores foram tão longe ao testar seus limites", relata o autor, Mig. Já havia o movimento do politicamente correto, mas era solenemente ignorado pelos humoristas. Assim, nessas tiras, crianças fazem bullying, invocam o demônio, faltam às aulas e correm perigo. Tudo pra não perder a piada.
Exibindo thrash42.jpg
Apesar do nome, a tira não é uma ode ao estilo thrash metal, mas um reconhecimento de que ele era a tendência mais atraente no cenário roqueiro da época. Segundo os especialistas, que odeiam o erro de chamar o estilo de “trash” metal, ele se caracteriza pela velocidade e agressividade do som, e tem nas bandas Anthrax, Megadeth, Metallica e Slayer seus representantes emblemáticos. Nele se encaixa a banda brasileira Sepultura.
A expectativa do autor é "registrar um trabalho maneiro feito no passado e levá-lo a mais leitores". Quatro tiras inéditas, feitas este ano, completam a compilação.
Editora: produção independente
Exibindo ad_thrash.jpg
Autor: Mig Mendes
Formato: 23 cm X 15, 5 cm, 48 páginas, todo colorido
Lançamento: de 11 a 15 de novembro, no FIQ – BH, mesa 100 dos artistas independentes.
Preço: R$ 20,00

A campanha no site Catarse acabou, mesmo assim confira o vídeo da campanha:

Miguel Mendes, que assina seus desenhos como Mig, é paulista de Jaú, onde nasceu em 1968, mas está radicado no Rio de Janeiro desde 1982. Sua área preferida são os desenhos de humor, as ilustrações infantis e histórias em quadrinhos. Desde 1989 colabora com Ziraldo na criação e na ilustração de gibis, tiras de jornal e livros do Menino Maluquinho. 
Exibindo thrash_pepeu.jpg
Foi autor da tira de jornal O Urso no Espaço e também da semanal Thrash, publicada na Folha de São Paulo em 1992. Junto com Ziraldo, é autor da série paradidática de livros em quadrinhos da Turma do Pererê, publicada pela Editora Positivo. Alguns de outros livros feitos com Ziraldo são O Livro de Informática do Menino Maluquinho, O Livro das Mágicas do Menino Maluquinho e a coleção do Bebê Maluquinho. Pela Editora Globo fez roteiros de quadrinhos para adaptar as Fábulas de Monteiro Lobato e criar a coleção paradidática Você Sabia? com a Turma do Sítio do Picapau Amarelo. Fez dupla com o autor Gustavo Luiz numa série de livros infantis para primeira leitura, a coleção Doces Sabores da Leitura, além de O Lobo Maurinho e O Incrível Pipoca, todos pela Editora Melhoramentos. Dirigiu o estúdio de criação e arte Megatério de 2006 a 2012. Conquistou o primeiro prêmio de Criação de Personagens da revista Licensing Brasil em 2008. Conquistou o prêmio de melhor história em quadrinhos no Salão de Humor de Piracicaba em 1996. Em 2013 lançou um e-book independente para teenagers: Agência Frase Feita.
Exibindo thrash_hendrix.jpgExibindo thrash_page.jpg

Mig no youtube:

Via release por e-mail
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...