terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Novo design da Mulher-Aranha

 
Depois de toda a polêmica ridícula envolvendo a Mulher-Aranha, a Marvel Comics mostra ser feita da mesma fibra que a Sony Pictures e aceita as críticas infundadas, mudando completamente o design da personagem.
O novo uniforme foi criado por Kris Anka e fará sua estreia no game para celulares Spider-Man Unlimited, depois seguindo para os quadrinhos na edição #5 de Spider-Woman.
 
Segundo a administradora da Gameloft, Tatiana Nahai, o novo uniforme é sexy de uma maneira diferente, algo que ela mesma usaria no dia a dia, enquanto o editor Nick Lowe alega que o novo uniforme permite que a personagem assuma um visual mais tradicional e desapareça na multidão, e possa assumir sua identidade heróica facilmente, algo mais adequado ao seu trabalho como detetive. O novo visual de Jessica Drew pode ser visto em detalhes aqui.
 
Ainda que os argumentos mostrados façam sentido, a cronologia da mudança e em luz dos eventos recentes do mundo do entretenimento só nos permitem concluir o pior, que as empresas de entretenimento estão se dobrando aos protestantes em um nível nunca antes visto.
 
Jessica Drew, a Mulher-Aranha original, foi criada em 1977 por Archie Goodwin, Sal Buscema e Jim Mooney. Mortalmente envenenada por radiação na infância, Jessica foi injetada com um soro experimental feito a partir do sangue irradiado de uma aranha por seu próprio pai, um cientista. O experimento não teve resultado aparente, então a moça foi congelada pelo Alto Evolucionário, associado de seu pai.

Após décadas dentro do avançado aparelho que lhe manteve viva, Jessica foi libertada, com o corpo de uma mulher adolescente e diversos poderes. Primeiramente uma vilã, graças a uma lavagem cerebral perpetrada pela organização terrorista Hidra, a personagem logo se tornou uma heroína e até uma detetive particular por algum tempo.


Via HQM
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...