quinta-feira, 24 de julho de 2014

Al Simmons vai voltar em Spawn #250

spawn-image-comics-hd-wallpaper
E McFarlane quer simplesmente arrebentar a boca do balão com esse retorno
Em uma era na qual reboots estão cada vez mais frequentes, uma revista atingir numerações altas entre as HQs mainstream é algo raro, mas a revista original de Spawn está chegando ao número 250 – e o criador do personagem, Todd McFarlane, está pronto para comemorar o feito.

Spawn #250 – que sairá em dezembro – trará o retorno da cria do inferno original, Al Simmons. Durante os últimos seis anos, o Spawn tem sido um homem chamado Jim Downing, mas agora um “novo e melhorado Al Simmons” fará um retorno triunfal.
“Ele irá voltar e se tornar bem mais agressivo”, disse McFarlane, dizendo também que Spawn se tornará mais “badass” do que nunca. E com o retorno do anti-herói original vem uma nova equipe criativa. McFarlane disse que o time ainda não está definido, mas que um novo roteirista e um novo artista serão escolhidos e que está pensando em “pesos pesados” para preencher as vagas e, quem sabe, ainda consiga fazer o anúncio nesta San Diego Comic Con. Um dos rumores aponta para Grant Morrison.
“Eu me imagino como um roteirista bem estável, mas quero alguém mais sexy do que eu”, brinca ele. McFarlane quer alguém que não vai “regurgitar” o que ele fez com o personagem nos últimos 20 anos e uma tarefa do novo roteirista, seja quem for, é a de criar novos vilões para o personagem. Outros roteiristas trabalharam no personagem no passado e com McFarlane acompanhando tudo de perto, mas ele diz que dessa vez será “Assuma o personagem, eu só detenho os direitos autorais. O que você quer fazer primeiro?”.
McFarlane diz que tem papel importante no processo criativo do personagem, mas que com o passar do tempo, lidar com tudo sozinho tem sido cada vez mais difícil: “É mais e mais complicado quando tenho que fazer o trabalho todo eu mesmo. Se eu conseguir alguém com que role um entrosamento, posso fazer mais, melhor e de uma maneira mais empolgante”.
Uma das motivações para essas mudanças é tornar o personagem mais acessível para novos leitores, trazendo-os para uma série que já tem 22 anos. A nova equipe criativa terá um epílogo na edição 250, começando com uma história completa na edição 251.
Junto com o retorno de Al Simmons e a nova equipe criativa, Spawn irá para o formato digital pela primeira vez, o que McFarlane descreve como “um grande experimento”. Sentindo que é um retardatário no campo da HQ digital e que uma parte dele ainda diz “segura a onda”, ele tem conversado com a comiXology sobre a melhor maneira de disponibilizar estas 250 edições.
Ele analisa a possibilidade de desenvolver o seu próprio aplicativo de leitura, para aproveitar as vantagens que o espaço digital proporciona em termos de narrativa. e também que tipo de extras podem ser encaixados junto com o comiXology. “Desde a época que as HQs se tornaram digitais até os dias de hoje, houve pouca evolução”, argumenta.
McFarlane diz que tem uma “sensação de orgulho” em alcançar 250 edições, apesar da aversão que a maioria das revistas tem por numerações altas e que não está fora de cogitação ter uma nova edição 1. Spawn #248, escrita por McFarlane e com arte de Syzmon Kudranski, está agendada para outubro, de forma que qualquer outra mudança teria que ser mais para o final do ano.
Via JUDÃO
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...