quarta-feira, 23 de julho de 2014

Marvel anuncia mudanças no Hulk para Avengers NOW!

Não que seja nada de muito novo, mas…Não deixa de ser uma mudança!
Vamos ser honestos. Se, como parte da iniciativa batizada de Avengers NOW!, o Falcão assumiu o manto do Capitão América, uma mulher agora é a portadora do martelo do Thor e o Homem de Ferro vai deixar aflorar seu lado mais sombrio (Não sabe de nada disso? Clica aqui então!), é sério mesmo que você esperavam que a Marvel não tivesse nada preparado na manga para movimentar o título do Golias Esmeralda? Digamos que era apenas o personagem que faltava para completar a formação básica dos Vingadores. 

Embora, diferente de seus colegas, o Hulk não vá ter uma revista “relançada”, ainda assim passará por algumas interessantes mudanças de status quo. A revelação foi feita por Tom Brevoort (SVP de publicações da Marvel) e pelo editor sênior Mark Paniccia, em entrevista ao jornal USA Today. E, sim, o que vamos relatar agora pode ser considerado SPOILER para quem acompanha os quadrinhos Marvel apenas pela cronologia brasileira. Então, considere-se avisado.
Para salvar o seu alter-ego, Bruce Banner, depois do tiro que acertou o sujeito na cabeça, vitimando uma das mentes científicas mais brilhantes do Universo Marvel, um certo Tony Stark fez uso da biotecnologia Extremis, aquela que já conhecemos de longa data (cortesia de Warren Ellis) e que está diretamente ligada também ao novo status mais, digamos, impopular, do chamado Homem de Ferro Superior. O caso é que o Extremis causa um efeito colateral no Hulk, dando-lhe um cérebro superinteligente. Ou seja: Banner é um gênio. E o Hulk também vai ser.

Página de HULK # 5. 
Você teria coragem de contratar um cientista deste tamanho?
A partir da edição 5 do Hulk, a ser publicada em agosto no mercado norte-americano, a dupla criativa Gerry Duggan (roteiro) eMark Bagley (arte) vai mostrar o monstro verde ponderando sobre esta nova situação, agora sem necessariamente estar o tempo todo sendo tomado por uma fúria incontrolável. E eis que então ele tem uma epifania. Ele vai usar sua inteligência – e, claro, sua força descomunal – para livrar o mundo da radiação gama, o que vai incluir seres irradiados como ele mesmo. É uma forma de tentar tornar o mundo um lugar melhor para as pessoas comuns. “Algumas destas pessoas são obcecadas pelo poder. Elas têm estes poderes há tanto tempo que não querem deixá-los pra trás”, explica Pannicia.
Esta cruzada, no entanto, vai colocá-lo cara a cara não apenas com seres de moral questionável como o Líder e o Abominável – mas também com aliados como sua própria prima, a Mulher-Hulk, e o raivoso e pouco sociável Hulk Vermelho (no caso, alter-ego de seu ex-sogro, o General Thunderbolt Ross). “Os fãs do Hulk amam ver aquelas grandes pancadarias entre super-humanos, então teremos algumas batalhas absolutamente épicas”, completa Pannicia.
Fica a dúvida: quanto tempo estas mudanças todas vão durar? Até o próximo filme dos Vingadores, possivelmente, quando as versões clássicas estarão nas telonas e fará sentido que os gibis as acompanhem – a exemplo do que aconteceu com o Homem-Aranha Superior e a estreia de O Espetacular Homem-Aranha 2
Via JUDÃO
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...