quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

O diabinho voltou: Brasinha pela Pixel

Por Gibizada
Primeiro veio uma versão adolescente de Luluzinha, da americana Marjorie Buell, produzida por roteiristas e artistas brasileiros. Depois, sim, a versão original da adorável personagem, Little Lulu. E, no pacote, o melhor amigo da menina, Bolinha, com seu próprio gibi.
Recentemente, a mesma Pixel Media ainda resgatou outros ícones dos quadrinhos, como Popeye, Recruta Zero, Hagar, Pinduca, Krazy Kat, Arca dos Bichos, Zé Fumaça, Belinda e Adalberto... Todos distribuídos em duas revistinhas, com Popeye e Recruta Zero nas capas.
Mas a editora carioca logo retornaria ao resgate dos personagens da Harvey Comics - hoje propriedade da Classic Media - levando às bancas também Gasparzinho e Riquinho. E com os gibis do fantasminha camarada e do moleque endinheirado já no sexto número, a Pixel relança outro personagem do criador de Riquinho, Warren Kremer.
De fralda, orelhas pontudas, dois chifres e um tridente na mão direita, o literalmente encapetado Brasinha (Hot Stuff) é a mais recente criação da Harvey a ganhar, novamente, um gibi próprio no Brasil. Criado por Kremer em 1957, o Brasinha chegou ao Brasil cinco anos depois, pela editora O Cruzeiro, e depois, foi publicado pela Vecchi.
Agora só falta a Pixel lançar Bolota (Little Lotta), Tininha (Little Audrey) e Brotoeja (Little Dot).
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...