terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

ZUMBIS!!!!

Para os aficionados de plantão, hoje temos mais um capítulo do The Walking Dead indo ao ar aqui no Brasil.
Para esquentar o clima dos zumbizeiros, segue um Top 5 HQ de zumbis com o jeitinho e a malemolência brasileira...
Então, pegue sua escopeta, armas cortantes e tacos de basebol e vamos pra cima dessa zumbizada toda!

5 -Ataques Registrados






















Uma obra de Max Brooks, magistralmente ilustrada pelo brazuca Ibraim Roberson. 

Mostra ataques de zumbis ao longo da história da humanidade, em vários pontos do mundo.
Espetacular...

4- Vigor Mortis


José Aguiar e DW Ribatski e Biscaia.
O álbum reúne oito HQ’s curtas que expandem o universo criado pela Vigor Mortis (o grupo de teatro). Os personagens deixam os palcos e passam para os quadrinhos, interagem entre si (apesar de saídos de peças diferentes) e intercomunicam-se através das histórias, 
 o que acaba gerando um efeito interessante de universo mesmo.
 Destaque para o Zumbi Oswald, tentando se sociabilizar...
 


3-  Planeta Morto



 Projeto da roteirista Fernanda Oz e do desenhista Celso Ludgero. Tudo começou com um concurso do The Walking Dead Brasil, cujo melhor roteiro viraria uma HQ. 
A história se passa no Brasil, começando na metrópole de São Paulo, acompanhando a estudante de biomedicina Elisa. Formando um grupo de sobreviventes, ela levará a história inicial adiante.
Fernanda Oz parece trazer de volta o tom de crítica social dos filmes antigos de George Romero:
“Planeta Morto é mais que uma simples história de zumbis… Eu gosto de colocar uma critica social por trás de cada personagem e situação, alguma verdade que vivemos todos os dias que não mudaria nem mesmo em um apocalipse zumbi.”

Ainda para ser lançada. Acompanhe em:

https://www.facebook.com/PlanetaMorto


2- Independência ou mortos!



Na HQ, zumbis invadem o navio que traz a família real portuguesa para o país em 1808. Os devoradores de carne humana da embarcação chegam às terras brasileiras e acrescentam mais um desafio a Dom Pedro I: libertar o país não só do domínio português, mas principalmente do ingresso hostil de zumbis. O roteirista Abu Fobiya e o cartunista Harald Stricker são os responsáveis por essa idéia inusitada.

1-Zumbis e outras criaturas da Trevas

Capa Zumbis_v1
Finalmente uma edição que tem mortos-vivos nas mais diferentes situações. Aqueles que atacam cidade pequena, os que atacam em grandes centros, os que provocam acidentes, os robustos, os decepados, os africanos, os comandados, os renascidos, enfim, zumbis para todos os gostos. Desmortos desenhados por Rodolfo Zalla e Walmir Amaral. Também HQ escrita pelo conceituado escritor Ferréz, tudo feito exclusivamente para esta edição.
O elenco de autores de Zumbis e outras Criaturas das Trevas não é fraco. Tem ainda Gian Danton, Daniel Esteves, Di Stefano, Gustavo Machado, Novaes, Antonio Lima, Franco de Rosa, José Aguiar, Raphael Fernandes, Moretti, Victor Barreto, Mozart Couto, E.C. Nickel, Alexandre Jubran, Gustavo Machado, Seabra e Eugênio Colonnese.
O lado literário de Zumbis e outras Criaturas das Trevas trás um poema inédito de Rubens F. Lucchetti, ilustrado por Fábio Moraes. Um ensaio sobre as trilhas sonoras do cinema zumbi. Os mortos vivos dos mangás e anime. E um dossiê completo sobre os confrontos de Dylan Dog com este povinho de poucas palavras.
Zumbis e outras Criaturas das Trevas é uma edição sanguinária suficientemente robusta para se ter o que ler antes de morrer…ou não.






Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...