domingo, 5 de abril de 2015

BETRÔNICAS... na falta de um nome melhor!


Hoje, depois de um longo hiato surgiu este pequeno insight para uma série de tiras.
Desta vez, não as passei para o papel como de costume.
Elas me cobraram a necessidade de ganhar vida, imediatamente.
Com um texto na cabeça, mas sem nenhuma ideia prática de como executá-la, deixei a coisa fluir e deu nisso aí: duas tirinhas!
Podem não ser nenhuma Brastemp, mas para mim representam na prática o fim de um bloqueio criativo que perdurava desde a exposição "O QUE NÃO ESTÁ NO GIBI, ESTÁ POR AQUI!".
De lá pra cá, surgiu o espaçoso Carcará e o baque do trauma do pau no meu PC (que deu fim as minhas tirinhas).
Nesse FDS encaminhei dois roteiros pro Gilvan Lira, conclui uma etapa da minha demanda do trabalho e ainda rolou esse sopro de revitalização... Valeu abril! Comecei no lucro!

Sim, antes que eu me esqueça, isso aí foi somente um teste.
É por isso que não há título e a diagramação foi toda improvisada.
Por ora, estou batizando essas tirinhas como BETRÔNICAS (minhas crônicas).

Heheeheheh!
Tem gente que vai ter um friozinho na espinha!

Sigam-me os bons!
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...