terça-feira, 23 de outubro de 2012

Ultimate Comics Iron Man #1: O demônio está na armadura. E na cronologia da Marvel

Por Judão
Nós somos resultado de todas as pequenas decisões que tomamos durante a vida. Cada uma delas molda nossa personalidade, nossos caminhos, nosso futuro… Imagine então todos os fantasmas que vivem na cabeça de Tony Stark. Afinal, ele nem sempre foi uma pessoa. A família Stark nem sempre foi uma boa família. As Indústrias Stark nem sempre foram uma empresa bondosa. A partir deUltimate Comics Iron Man #1 (Marvel Comics, 22 páginas, US$ 3,99), que foi publicado ontem (17/10) nos EUA, Tony Stark deverá enfrentar todos estes fantasmas.
Pena que também devo dizer que a cronologia da Marvel TAMBÉM nem sempre é boa. Ainda mais no Ultiverso…
Para começar, Ultimate Comics Iron Man joga definitivamente Ultimate Iron Man, a minissérie que em 2005 contou a origem do herói, no lixo. EmUltimate Avengers vs. New Ultimate #2, publicada no Brasil em Ultimate Marvel #23, Mark Millar já havia colocado aquela história como um gibi ficcional baseado em um animê produzido com o herói dentro do próprio Ultiverso, já que aquela origem não encaixava com os rumos do Homem de Ferro nas páginas dos Supremos. Agora, da mesma forma que traz o pressuposto de desvendar os podres de Tony Stark, Ultimate Comics Iron Man também apresenta uma nova abordagem para o passado do personagem.
Sai de cena, pelo menos aparentemente, aquela história de gestação problemática de sua mãe, o acidente que mudou a estrutura genérica dos dois e o envolvimento do Tony com a bio-armadura desde pequeno. Também não existe mais, pelo jeito, o “roubo” da empresa de Howard Stark, o pai de Tony, por Zebediah Stane, o pai do Obadiah. As Indústrias Stark sempre existiram e Howard sempre as comandou com pulso forte, buscando que o filho Tony mandasse nelas em algum dia.

Engraçado que para começar a retratar as escolhas da vida de Tony, o roteirista Nathan Edmondson resolveu começar por um momento no qual ele não era um playboy, riquinho ou estava tranquilo por ser o herdeiro de uma grande corporação. Nada disso. Conhecemos Tony sem cavanhaque, tentando criar com a amiga Josie uma empresa por si só, sem o dinheiro ou investimento da família.
No entanto, as coisas não são tão fáceis para um Stark. Há as obrigações como herdeiro de Howard. Há também as obrigações com a família. E a decisão de seguir com o pai e ser efetivamente o próximo CEO das Indústrias Stark é aquilo que muda toda a história de Tony. É isso que transforma aquele jovem cheio de planos no demônio corporativista produtor de armas de destruição em massa – e que, depois, tenta assumir a armadura de Homem de Ferro para, de alguma forma, compensar os erros ao descobrir que tem um tumor mortal no cérebro.
Nesta primeira edição ainda não vemos exatamente os podres prometidos por Edmondson no painel do Ultiverso na última San Diego Comic-Con. A intenção do roteirista é “mostrar porque Tony Stark é a pessoa que é”, como explicou no evento. Ainda assim, a edição traz um grande erro cometido pelo Homem de Ferro no passado: deixar um amigo na mão.

Nathan Edmondson fala sobre Ultimate Comics Iron Man na última SDCC (Foto: Renan Martins Frade / JUDAO.com.br)
Claro, o gibi não é só sobre o passado de Stark e os problemas da empresa. Há um vilão por trás de recentes ataques às Indústrias Stark. Alguém que trará muitos problemas para o Homem de Ferro, como o final do gibi entrega, e que com toda a certeza está ligado a esse passado ruim de Tony: a versão Ultimate do Mandarim.
Na arte, Matteo Buffagni faz um bom trabalho, com um traço sóbrio que consegue demonstrar bem as diferenças físicas dos personagens entre o presente e o passado.
De certa forma, Ultimate Comics Iron Man #1 não é exatamente uma edição que empolga pela história, mas sim pelo pressuposto de explorar o passado do herói. Porém, a Marvel erra feio ao colocar no lixo tudo o que era conhecido do herói. Isso demonstra uma total falta de organização editorial do selo Ultimate, além de uma falta de respeito com o leitor.
Bom, teremos mais quatro edições para descobrir mais sobre o passado desse demônio de armadura – e como esse mesmo passado está retornando para o presente buscando vingança. Vamos ver se, pelo menos, o resultado final deste retcon não mereça também ir para o lixo…
Para conferir preview de Ultimate Comics Iron Man #1, click aqui
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...