sexta-feira, 13 de julho de 2012

Como foi o Multiverso Comic Con

Por Denilson Reis

Nos dias 23 e 24 de junho de 2012, ocorreu no Colégio Marista São Pedro, em Porto Alegre (RS), a segunda edição do Multiverso ComicCON, evento sobre quadrinhos com palestras, entrevistas, lançamentos, mesas redondas, concurso de cosplay, estandes de vendas, área de autógrafos e área de fanzines.
A convenção contou com a participação de artistas locais, como o quadrinhista Rafael Albuquerque, e também estrangeiros, no caso, o argentino Eduardo Risso, responsável pela série 100 Balas ao lado do roteirista Brian Azzarello.
O evento movimentou bastante os fãs de quadrinhos do Rio Grande do Sul, que tiveram a oportunidade de levar suas coleções de quadrinhos para serem autografadas pelos convidados deste ano. Marcaram presença e fizeram a alegria muitos o já citado Rafael Albuquerque, que levou o Eisner Awards pela série “Vampiro Americano”, e também Luke Ross, Renato Guedes, Eddy Barrows, Edgar Vasques, Fabiano Denardin e Levi Trindade, editores da Panini Comics e Sidney Gusman, jornalista e editor do site Universo HQ e responsável pela programação editorial da Maurício de Sousa Produções.
No Multiverso ComicCon os cosplayers também marcaram presença
As mulheres quadrinhistas gaúchas de destaque atualmente no mercado internacional também apareceram para deixar ainda mais bonito o evento. Estiveram presentes Ana Koehler, gaúcha com produção para o mercado franco-belga, e Cris Peter, colorista gaúcha que concorre ao Eisner Awards em 2012.
A produção independente também figurou com destaque com a participação de roteiristas, desenhistas e editores gaúchos e, um ótimo acréscimo deste ano, muitos convidados vindos de vários cantos do Brasil. Entre os convidados participaram: Walter Pax, Azeitona, Mateus Santolouco, Rogê Antônio, Samanta Floor e Denilson Reis. De outros estados vieram: os irmãos Vitor e Lu Cafaggi, Estevão Ribeiro, e o casal Paulo Cambrin e Cris Eiko. Muitos outros autores, escritores e desenhistas participaram do evento.
Porto Alegre já tinha uma tradição de eventos de cultura pop japonesa, mas, segundo Emerson Vascocellos, produtor da convenção “o público de anime é muito fiel e os quadrinhos no estilo comics ficavam relegados a um segundo plano, por isso a necessidade de um evento voltado só para os quadrinhos”.
Foto posada com a belíssima Cris Peter
E o Emerson tem razão, o público mesmo menor que em eventos de mangá/anime, mostra que trata seus desenhistas preferidos com muito respeito e admiração. As filas para autografar uma revista eram longas e se levava quase uma de espera.
Agora é esperar 2013 e ver o que a organização prepara de novidades, pois este ano, os diversos estandes com publicações independentes como a Pandemônio, Uma Estande Qualquer e Corsário Negros do Naquim, além da tradicional Dinâmo e a galera da White Russian Society, fizeram a alegria dos fãs e colecionadores.
Com o Multiverso ComicCon já tem o seu lugar garantido no calendário de eventos obrigatórios de quadrinhos para se visitar. Um grande ganho para o Rio Grande do Sul.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...