quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Descanse em paz: editora Barba Negra encerra as atividades

Por Judão - 22.11.12
É, pois é. O selo Barba Negra, da editora LeYa, não existe mais. Criado em parceria entre a editora Barba Negra e o grupo editorial, o selo foi responsável por publicar no Brasil títulos como O Paraíso de Zahra e Guerra dos Tronos em Quadrinhos, além de ter ganho, no ano passado, o prêmio HQ Mix como melhor editora/selo de quadrinhos. A informação sobre o encerramento é do Blog dos Quadrinhos, do mestre Paulo Ramos. Sandro Lobo, fundador da editora, terminou o acordo com a LeYa agora no início de novembro e já tirou do ar o site da Barba Negra. Ao que parece, houve uma diferenças entre as expectativas, algo que não foi confirmado por Lobo. A LeYa era a responsável pelos aportes financeiros necessários para a sobrevivência do selo.
Barba Negra, agora, só assim: no centro espírita
Com o fim da parceria, Lobo não pretende continuar a editora sozinho. Isso deixa em dúvida a publicação de HQs já prometidas, incluindo a vencedora do Primeiro Prêmio Barba Negra Rio Comicon de Quadrinhos, que aconteceu ano passado. Wesley Rodrigues, o vencedor, receberia R$ 20 mil e teria a história dele publicada – e isso era para ter acontecido ainda no ano passado.
(Aliás, é bom lembrar: nem a Rio Comicon tivemos em 2012. O evento foi adiado para 2013, ainda sem data, por conta de “problemas com patrocinador e a falta de investimentos culturais”, como afirmam os organizadores).
Assim, termina mais um projeto de quadrinhos que, inicialmente, prometia muito. Aliás, a Barba Negra entregou, sim, muito do que prometeu durante o primeiro ano de existência. Resta saber o que aconteceu nos bastidores para que muitos dos projetos do selo fossem adiados (e agora, provavelmente, cancelados) – o que é estranho, até pelo bom momento atual no mercado brasileiro de quadrinhos.
Bom, dá nisso não ter um mercado consolidado (e profissional), né?
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...