quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Por causa da Apple, Marvel censurou Miracleman #1

MiracleMan
“Internet is for p0rn”, já dizia o velho deitado. Porém, como genialmente sacou o Bleeding Cool, aApple não concorda com isso. Com suas políticas restritivas no iOS, a empresa acabou provocando indiretamente uma mudança em Miracleman #1, clássico relançado ontem (15/01) pela Marvel.
A questão é que as políticas sobre nudez e pornografia da Empresa da Maçã são restritivas AND obscuras. Assim, o ComiXology (que faz a distribuição digital das publicações) prefere agir antes de ter qualquer problema. Foi assim com Saga #12, vendido em todas as plataformas, menos nas da Apple. E foi feito assim com Miracleman #1, que ganhou uma ~calcinha a mais pra Liz Moran, a mulher do protagonista.
Liz Moran
ISSO, só na versão digital. Na impressa continua a bunda original e tal, sem calcinha.

Na real, essa imagem é da edição original
Na real, essa imagem é da edição original
O Bleeding Cool, que descobriu a coisa toda, levanta uma outra polêmica: como a Marvel e o ComiXology farão com Miracleman #9, que tem vários quadros com uma mulher parindo uma criança — incluindo vários detalhes ~obscenos? Será que os usuários de produtos Apple ainda acreditam na Cegonha?
Bom, sendo realista: provavelmente a edição não vai constar no app do ComiXology pra iOS… Ao menos a distribuição física da futura Miracleman #9 nos EUA tá garantida, depois que o presidente da distribuidora Diamond, Steve Geppi, mandou banir a publicação e em seguida revogou a decisão.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...